Voltar

Boletim Sou da Paz Analisa

A cada três meses o Sou da Paz produz uma análise sobre as estatísticas divulgadas pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo. Estas informações dizem respeito a crimes registrados, atividade das polícias e letalidade policial no trimestre.

Os boletins apresentam um panorama da segurança pública no Estado, identificam tendências e desafios e, assim, permitem uma melhor compreensão dos dados. Todas as edições do Boletim Sou da Paz Analisa podem ser acessadas aqui.

Para receber as próximas edições, cadastre seu e-mail no campo abaixo:

Cadastrar

Preencha o e-mail corretamente.

Ocorreu um erro. Tente novamente.

E-mail cadastrado.

 
 

Homicídios

Um dos focos de atuação do Sou da Paz é a redução de homicídios. E para isso, realiza análises das informações disponíveis no Brasil - provenientes das secretarias de Saúde e de Segurança Pública - para identificar os locais de maior incidência das ocorrências, o perfil das vítimas e os instrumentos utilizados. Com isso, disponibiliza importantes informações que podem subsidiar o desenho de metodologias de prevenção que dialoguem com as evidências e fujam de estereótipos a respeito do tema.

Aqui é possível conhecer as análises realizadas, além de acessar, na seção Imagens, gráficos sobre esse tipo de crime.

Roubos

Com o intuito de melhor compreender o fenômeno e poder propor soluções eficazes, o Sou da Paz acompanha as estatísticas oficiais sobre roubos, as pesquisas de vitimização e outros estudos realizados sobre o tema para identificar quais os públicos mais afetados, os locais de maior concentração e o perfil dos envolvidos com esses crimes. Também procura analisar, a partir de dados oficiais, como as instituições responsáveis pela prevenção e controle desse crime têm atuado.

Letalidade Policial

Os dados sobre pessoas mortas em confronto com a polícia e de policiais mortos em serviço são importantes indicadores da forma como a polícia atua, principalmente quanto ao uso da força em seu grau mais elevado. Por isso, o Instituto Sou da Paz acompanha e realiza análises destas informações, procurando contribuir para o controle externo da atividade policial.